Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Everything is a Choice

🍀 Escolho a paz e a harmonia pois é o melhor para mim! 🍀

Everything is a Choice

🍀 Escolho a paz e a harmonia pois é o melhor para mim! 🍀

O quarentão e o repetente

Rapariga do Campo, 03.06.22

Apareceu-me uma mensagem de um rapaz/homem de quase 39 anos no OkCupid. Eu tenho 28. Os meus pais têm 55. Nop. Não dá. Ainda por cima da Margem Sul, eu estou do lado norte e super longe de Lisboa portanto nunca daria. Logo, swipe left.

O perfil nem é mau de todo, mas não... É demasiada velhice para mim.

ps: estas diferenças fazem-me lembrar a Sara Barradas e o José Raposo mas sinceramente comigo não. Nem diferença de idade nem diferença de quilómetros.

 

Depois há o repetente. Um a quem eu tinha deixado de responder porque começou com perguntas demasiado pessoais logo no início; que pelos vistos até mora relativamente perto de mim mas eu não me lembrava; e que agora voltou a dar o ar de sua graça. Com uma conversa subtil e depois partindo logo para perguntas demasiado pessoais outra vez logo assim de caras.

Este deve estar desesperado. É pena porque até é de perto daqui, mas a pressa de querer saber pormenores da minha vida... Parece que não sabe primeiro ter uma conversa normal e então depois ir descobrindo as coisas.

Acho que lhe vou perguntar se é polícia  visto que só faz perguntas em vez de tentar fazer/criar uma conversa.

Acho engraçado

Rapariga do Campo, 27.05.22

Tem tempo para estar nas redes sociais mas não tem tempo para me atender o telemóvel e falar comigo cinco minutos. Dá a desculpa que tem que tratar da filha. É que nem para me responder às mensagens responde. Responde a uma e já vou com sorte. Dizia ela que nada ia mudar com o casamento, com o nascimento da filha... mas para os outros amigos, para as redes sociais tem havido tempo, agora para quem esteve sempre ao lado dela há mais de uma década... essa fica para trás.

Fiquei pasmada

Rapariga do Campo, 11.02.22

Diz que ela viaja muito. Que ela já esteve um mês do outro lado mundo. Que já esteve em vários países.

Diz que ela vai comprar uma casa xpto. Ao que parece serão uns 600 mil euros.

Porém disse hoje que ela só come fruta se a mãe arranjar, senão é raro comer. Principalmente laranja.

Talvez seja porque larga sumo e deixa as mãos peganhentas... E eu estou a ser má.

Momento adorável de hoje

Rapariga do Campo, 11.12.21

Estava à porta da farmácia à espera da minha mãe, apenas observando as pessoas que passavam na rua, eu própria andando de vez em quando de um lado para o outro, sempre de máscara. A certa altura surgiu uma mulher com um miúdo com uns 7 anos talvez, que solta um "BOM DIA!" super alegre, acenando com a mão, e sorrindo alegremente para mim. Respondi-lhe com igual alegria e olhei para a mãe com um olhar de felicidade por ver a boa educação do filho. Não imaginam como aquilo me fez sorrir. Eu até já estava alegre, embora a minha manhã estivesse a ser banal, mas aquela criancinha fez uma enorme diferença. E o mais engraçado é que acho que já não é a primeira vez que isto acontece. A minha memória não tem andado grande coisa nos últimos tempos, mas acho que já houve outra vez que aquele miúdo me disse "bom dia" naquele mesmo sítio.

Que ele mantenha sempre aquela boa educação e que a vida lhe sorria sempre 

Sobre o calor de hoje

Rapariga do Campo, 15.07.21

Nos lados onde moro davam praticamente 40 graus de temperatura para hoje. Achei maravilhoso quandou ouvi na rádio logo de manhã. Onde trabalho estavam quase 47 graus, e à sombra. Praticamente sempre com máscara na cara, não esquecer esse pormenor. Foi sem dúvida um dia fantástico para destilar alguma água do corpo  e também para beber quase duas garrafas dela.

Grata pela rapidez e simpatia

Rapariga do Campo, 09.06.21

Liguei para um Hospital da CUF para marcar uma consulta. Não havia vaga para uma data próxima, apenas havia para Outubro. Pedi para verem em outro hospital das redondezas e também não havia vaga. Pedi para me colocarem na agenda do médico e dei o número de telemóvel da minha mãe pois não ando com o telemóvel no trabalho nem tenho rede e podiam ligar-me na próxima semana.

Cerca de 20 minutos depois de ter terminado a chamada com uma rapariga bastante simpática e atenciosa, o telemóvel da minha mãe tocou. Era um número desconhecido. Quem era? Uma senhora, também ela muito simpática, do Hospital da CUF para o qual eu tinha ligado minutos antes. Eu tinha tido a outra consulta em outro hospital por isso ela fez a minha ficha neste hospital que me fica mais próximo, e conseguia até arranjar-me uma vaga para hoje mesmo. Só que hoje eu não tenho os exames que o médico me mandou fazer. Só os farei no final deste mês e por isso ela conseguiu uma vaga para o começo de Agosto. Maravilhoso! Porque tenho um exame no começo de Julho e assim tenho o tempo necessário para poder ir buscá-lo ou para mo enviarem para casa.

No final da chamada fiquei bastante agradecida. Pela simpatia das senhoras que me atenderam e por ter conseguido uma vaga de consulta para daqui a dois meses ao invés de quatro, mas principalmente por ter sido atendida, ainda que telefonicamente, por duas pessoas muito simpáticas e pela rapidez com que voltaram a contactar-me.

Mini detox forçado

Rapariga do Campo, 04.06.21

Saí esta manhã na carrinha do meu pai, e quando regressei a casa tinha o telemóvel, o casaco e a mala em cima do banco do pendura. Não sei como, mas consegui fazer com que o telemóvel fosse parar debaixo desse mesmo banco do pendura. Disse-me o meu pai quando lhe telefonei do telefone da minha mãe. Agora, aqui estou eu em casa e sem telemóvel. O meu pai foi trabalhar e sem saber levou-o na carrinha. Bem o procurei aqui em casa sem poder telefonar para ele pelo telemóvel da minha mãe porque o meu está 100% sem som e sem vibração, logo não valia a pena ligar-lhe.

Amanhã logo o terei de volta e até lá ficarei numa espécie de mini detox forçado. Se já não andava a dar-lhe muita atenção, então com isto ainda menos lhe vou dar. Ando numa fase em que não dou mesmo grande importância ao telemóvel.

Só para registar

Rapariga do Campo, 14.04.21

Cortei o cabelo.

Vamos lá ver como ele vai ficar depois de tomar banho e quando ele deixar de estar todo esticadinho. Por enquanto gosto bastante, resta saber se o sentimento será o mesmo depois de ele voltar ao seu estado normal - uma juba  .